Dpt. Prom. e Eventos

Dpt. Infância Juvetude

Dpt. Açao Social

Dpt. Comunicação

Pomada Vovô Pedro

O Artigo

 

A fórmula da Pomada Vovô Pedro foi recebida mediunicamente por João Nunes Maia, através do espírito do médico Franz Anton Mesmer, que viveu no século XVIII. A pomada alivia diversas doenças, principalmente as de pele.

A fórmula é apresentada durante o lançamento do livro Além do Ódio. O momento era de alegria, pois os 105 primeiros exemplares do livro Além do Ódio, ditado pelo Espírito Sinhozinho Cardoso ao médium João Nunes Maia, seriam distribuídos para famílias de hansenianos. O local era o Centro Espírita Campos Vergal, localizado na Colônia Santa Isabel, em Betim, próximo a Belo Horizonte.

Feliz pela tarefa cumprida, João Nunes Maia percebe a presença tranqüila de um Espírito conhecido como Mesmer, que fora médico e curara muitos enfermos no século XVIII. Ele, então, fala para Nunes:

"Papel e lápis, meu filho. Vou lhe ditar a fórmula de uma pomada que deverá curar e aliviar a muitos".

O médium, surpreso, apanha um pedaço de papel que embrulhava volumes do livro Além do Ódio e um lápis, cedido pelo diretor do Centro Espírita Campos Vergal, e anota a fórmula do abençoado ungüento. O nome de tal ungüento?

"Pomada Vovô Pedro" esclarece o Espírito comunicante.

Percebendo a surpresa de João Nunes por tão simples nome dado à pomada, o Espírito do Dr. Mesmer completa:

"É preferível que as coisas simples tenham nomes simples".

E faz uma importante observação sobre a gratuidade do ungüento:

"O preço desse medicamento deverá ser um, apenas um: DEUS LHE PAGUE".

Recebida a fórmula, João Nunes Maia procura pelas plantas componentes do medicamento, e com muita dificuldade, mas sempre orientado passo a passo pelo Alto, prepara os primeiros potes da pomada. A primeira formulação foi feita em uma velha panela de pressão com 2,5Kgs. Pouco a pouco, o retorno dos enfermos confirma: a Pomada Vovô Pedro alivia e cura muitas enfermidades cutâneas.

A produção é simples: plantas medicinais e dedicação

A fórmula da Pomada Vovô Pedro, recebida mediunicamente pelo médium João Nunes Maia está registrada junto aos órgãos competentes, em nome da Sociedade Espírita Maria Nunes (SEMAN). Simples como o nome, baseia-se nas propriedades medicinais de plantas e produtos naturais.

Os extratos para a produção do ungüento foram fornecidos, até 1997, pelo Centro Espírita Caminhos da Luz de Araguari, através do amigo querido e respeitado por todos, o bioquímico, Nephtaly Naves. Hoje, os extratos são fornecidos pela Farmácia Privativa Kahena, pertencente a SEMAN. Os efeitos emolientes, cicatrizantes e anti-inflamatórios, que seus componentes comprovadamente possuem, aliviam e curam enfermidades de pele do tipo ulcerações e feridas, hemorróidas e queimaduras.

Uma vez ao ano, os tarefeiros do CEPE, num clima de amor e alegria, e com grande vontade de fazer o bem ao próximo, produzem 50.000 podes de pomada que, devidamente acondicionada e controlada, é distribuída gratuitamente, de uma forma organizada, para quem dela necessitar.

A Pomada Vovô Pedro é produzida e encontrada no CEPE e em diversos postos de distribuição em todo o Brasil. Todos eles obedecem à condição de gratuidade do ungüento, não sendo permitida a sua venda sob pretexto algum. Por ano, são produzidos em torno de 1,5 milhão de potes.

Os postos de distribuição são casas espíritas ligadas ao âmbito dos Postos de Produção, nas suas respectivas regiões.

A produção da Pomada Vovô Pedro é apenas mais uma tarefa das casas que se sentem afinados com esse benéfico labor em favor dos carentes e de portadores de determinadas enfermidades.

Ao contrário do que pensam alguns poucos desinformados, a produção da pomada não implica ou estabelece qualquer ritual, ou práticas que conflituem com os postulados da Doutrina Espírita. Antes, essa produção é realizada em clima de alegria cristã, onde o Evangelho de Jesus é estudado e exercitado ininterruptamente, congregando companheiros em benéfica troca de experiências e conhecimentos, contribuindo sobremaneira para a unificação do Movimento Espírita, sob a égide do trabalho.